Férias e Trabalho: como conciliar

Pode parecer estranho eu vir falar de trabalho em plenas férias mas não deu 3 dias para eu me tocar que eu estava trabalhando normalmente. A única diferença é que eu ando na praia e tomo água de coco e a paisagem é outra.

Alguns podem dizer que é mania de pobre. Uma vez trabalhadora, sempre trabalhadora. Outros, mania de businesswoman, sempre buscando negócios em todo lugar.

Eu não sei dizer o que é.

Bem, na verdade eu sei.

Férias E Trabalho

Eu sou o meu trabalho. Eu não simplesmente estou trabalhando, eu sou o trabalho não importa onde eu vá.

Aqui no hotel já atendi dois pacientes tomando café da manhã. Claro que nem cobrei. Por puro prazer de atender. Um caso de torção de tornozelo e um garoto com caxumba. “Você é médica?” Sou. O tempo todo, 24 horas do dia. Mesmo sem exercer profissionalmente há mais de 5 anos.

E no almoço, outra conversa me colocou a cabeça para funcionar em outros negócios. E as férias terminaram de vez. E o expediente começou. Com pausa para uma massagem que ninguém é de ferro, mas o olhar já era outro.

E que prazer!

Como eu adoro o que eu faço.

Inclusive blogar, porque eu não parei de blogar desde que cheguei.

Eu desejo do fundo do coração que todos vocês possam exercer os trabalhos que vocês mais gostam. Essa coisa de não trabalhar não é bom. O trabalho deixa a mente esperta, a gente fica feliz, realizada. Espero sinceramente que possam fazer o que gostem, sinceramente mesmo.

Quando a gente faz o que gosta, nem se importa de trabalhar nas férias, porque o prazer de realizar coisas é enorme.