5 lugares incríveis para você fugir do Carnaval

5 lugares incríveis para você fugir do Carnaval

Separamos 5 lugares incríveis para você fugir do carnaval e aproveitar o feriadão que vão desde recantos isolados até metrópoles que não aderem à esta folia!
Santo Antônio do Pinhal (SP)

Encravada na Serra da Mantiqueira, é uma cidade pequena está há apenas 20 quilômetros de Campos do Jordão, mas ao contrário da vizinha famosa, é conhecida pela paz e quietude, por isso é opção para que você fuja do Carnaval. As ruas estão cheias artesanato no ar livre, com produtos de crochê, patchwork e até peças produzidas com pinhão de Araucária, árvore comum na região.

5 lugares incríveis para você fugir do Carnaval (1)

5 lugares incríveis para você fugir do Carnaval

Mal começa o ano, já vimos muitos se prepararem para o carnaval mais badalado do  mundo, o Brasil é um grande palco para toda folia que se pode encontrar em cada região! Mas muitos não curtem esse período de folia do carnaval e prefere passar o feriado em lugares lindos e dominados pela calmaria!

Separamos 5 lugares incríveis para você fugir do carnaval e aproveitar o feriadão que vão desde recantos isolados até metrópoles que não aderem à esta folia!

Santo Antônio do Pinhal (SP)

Encravada na Serra da Mantiqueira, a pequena cidade está há apenas 20 quilômetros de Campos do Jordão, mas ao contrário da vizinha famosa, é conhecida pela paz e quietude, E como isso é mais uma opnião para fugir do Carnaval. As ruas do centro estão cheias de lojinhas de artesanato, com produtos de crochê, patchwork e até peças produzidas com pinhão de Araucária, árvore comum na região.

Ilha do Cardoso (SP)

Um dos locais para sair do carnaval

A Ilha do Cardoso pertence à cidade de Cananeia, no litoral sul de SP, e fica bem na divisa com o Estado do Paraná. Localizada a 260 quilômetros da capital paulista, é um recanto para quem busca paz, sossego, contato com a natureza e, especialmente, distância do Carnaval.

A Ilha do Cardoso abriga por um pequena população de pescadores na região, que vive em relativo isolamento da civilização: ali o celular não tem vez e internet é uma lenda. Na maior parte das casas há energia elétrica apenas algumas horas por dia, graças a geradores – algumas pousadas e residências mais privilegiadas possuem coletores solares. Ou seja: o local é garantia de sossego e pede para que você fuja do carnaval. De quebra, há trilhas e cachoeiras e a possibilidade de optar por praia ou o grande canal de água doce, onde os botos dão o ar da graça. O Parque Estadual Ilha do Cardoso também permite visitação. Informe-se aqui.

Bonito (MS)

A prefeitura de Bonito parece estar atenta ao público que deseja fugir do Carnaval. Este ano, a administração municipal anunciou que a cidade não terá programação carnavalesca. Portanto, quem for à bela cidade do Mato Grosso do Sul encontrará um contato mais intenso com a natureza, sem se incomodar com samba, axé e quejandos. As atrações são as já conhecidas, como os muitos balneários e cachoeiras, além das cavalgadas, boia-cross e mergulhos nos límpidos rios da região. Os fãs de aventura vão se esbaldar no Abismo Anhumas, onde é possível fazer um rapel de 72 metros no interior de uma gruta. Mais informações sobre a cidade podem ser encontradas aqui.

Curitiba (PR)

Curitiba sempre foi uma capital sui generis, diferente em quase tudo das colegas brasileiras. E com o Carnaval não poderia ser diferente. Enquanto 90% do país pula ou relaxa em alguma praia, a capital paranaense organiza o Curitiba Rock Carnival, feito exclusivamente para quem deseja fugir da folia tradicional. O evento terá shows de rock e música eletrônica, na Câmara Municipal, dias 14 e 15 de fevereiro.

De quebra, os ruins da cabeça e doentes do pé ainda podem participar da divertida Zombie Walk: no dia 15, milhares de pessoas irão percorrer as ruas da cidade com fantasias de zumbis. Em 2014, cerca de 15 mil pessoas participaram da diversão.

Além da programação, os visitantes vão se deparar com uma cidade limpa e organizada, repleta de parques e atrações turísticas imperdíveis, como o Jardim Botânico e o Paço da Liberdade. Fuja do Carnaval em alto estilo e saiba mais sobre a cidade aqui.

Pocinhos do Rio Verde (MG)

Rio Verde e local bem longe do carnaval

O pequeno distrito de Pocinhos do Rio Verde (pertencente ao município de Caldas) é uma simpática estância hidromineral, localizada a 470 quilômetros de Belo Horizonte e 280 km de São Paulo. Está bem próximo de Poços de Caldas e atrai os visitantes graças às suas fontes de águas terapêuticas. O Balneário fica em uma gostosa praça, repleta de árvores e com parquinho para as crianças, e oferece banhos quentes de imersão, hidromassagem e sauna a vapor, além de três fontes radioativas, alcalino-sulfurosas e bicarbonatadas-sódicas.

“Fuja do Carnaval”, é o que sugere esse recanto de sossego. Os aventureiros vão adorar percorrer trilhas como a da Pedra do Coração, a 1.350 metros de altitude, ou da Pedra Branca, a 1.850 metros e que possui um vale repleto de grutas e cavernas. O distrito abriga ainda o centenário Grand Hotel Pocinhos, que teve o ex-presidente Getúlio Vargas como um de seus hóspedes.

Santo Antônio do Pinhal possui trilhas de pequena e média dificuldade, adequadas a qualquer público e passam por cenários belíssimos. O Mirante do Cruzeiro permite uma vista panorâmica da cidade. A Cachoeira do Lageado também estão entre as principais atrações. E se a quietude incomodar, é só pegar o trenzinho que leva a Campos do Jordão. Confira como chegar até lá. Para

Airbus A380-800 impressiona pelo tamanho

A380-800 fez seu primeiro pouso em Guarulhos

A Emirates Airline operou o primeiro voo comercial de um Airbus A380-800, o maior avião comercial do mundo, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo.

Vindo do Oriente Médio sem escalas, o avião fez um pouso tranquilo, e impressionou quem estava por lá por causa de seu gigantismo.

Este airbus, A6-AON veio para “testar / inaugurar” a homologação recentemente cumprida pela GRU Airport que adaptou o aeroporto para receber o avião, alargando a pista e “estreando” os fingers do terminal 3 que desde a construção já estavam preparados para atingir o “upper deck” (andar de cima).

O avião cumpriu o vôo regular da Emirates, com passageiros a bordo e o mesmo vôo EK261 / 262 que já opera diariamente, só mudando do 777 para o A380 especificamente nesse dia sem previsão de volta ou inicio de vôo regular com a aeronave, apesar de já estar nos planos de algumas companhias aéreas estrangeiras.

Esta aeronave da Airbus é a maior já fabricada para o transporte de passageiros. Com dois andares e capacidade para transportar 525 passageiros, em 3 classes, e 853 passageiros, em única classe, o Airbus A380 tem 73 metros de comprimento, 80 de envergadura e 24 de altura.

Hoje, o A380 opera em 55 rotas para 29 destinos no mundo. O gigante é indicado principalmente para aeroportos com fluxo diário de 10 mil passageiros de longa distância – o que é o caso de São Paulo e apenas outras 38 cidades no mundo todo.

Outro vídeo da chegada em Guarulhos

A380-800 ele estar estacionado arora em Guarulhos

O A380 chega a ser quatro vezes mais silencioso do que o “segundo” maior avião comercial do mundo. E, mesmo carregando 40% a mais de passageiros, consome cerca de 20% menos combustível. E ainda é capaz de voar mais de 15 mil quilômetros sem a necessidade de escala, suficiente para fazer um voo direto de São Paulo a Sydney, na Austrália. Esse é apenas o primeiro representante dos super aviões comerciais que vão dominar os céus do século 21.

E para finalizar o super avião chamado com freqüência de Superjumbo, com primeiro vôo experimental realizado em 2005, na França. Foram aguardados mais de 10 anos e o custo foi em torno de 12 bilhões de euros para desenvolvimento.

Agora os passageiros da United Airlines serão servidos com o delicioso café da illycafe

os passageiros da United Airlines serão servidos com o delicioso café

A partir de dezembro, a United vai disponibilizar o café de torra escura, característico da illy, além do café espresso da empresa em locais de United Club nos Estados Unidos. Os demais lounges contarão com os produtos illy em 2016, com o café de torra escura chegando aos voos no mundo inteiro no próximo verão norte-americano.

Mais que um simples copo de café

é mais do que um simples copo de café

O compromisso de proporcionar uma experiência premium única ao passageiros da United, é refletido nesta parceria, após diversos testes serem realizados com clientes e funcionários da companhia, incluindo provas a bordo.

Com sede em Trieste, na Itália, e mais de 80 anos de história na indústria de café, o sabor distinto da illy vem de uma mistura única do melhor 1% de grãos Arábica, comprados diretamente dos melhores produtores no Brasil, na América Central, na Índia e na África.

Conhecida por seu compromisso com a sustentabilidade, a cadeia de fornecimento com certificação internacional da illy inclui agricultores que ganham preços acima do mercado em troca do cumprimento das normas de qualidade – permitindo que a empresa ofereça misturas de classe mundial.

Um artigo recente da revista Wine Spectator elogia o café, afirmando que ele “se tornou padrão de excelência em restaurantes de luxo e hotéis cinco estrelas ao redor do mundo”.

“Nossa parceria com a illy está nos ajudando a fazer com que o mundo se sinta um pouco menor e com que viajar se torne muito mais especial, simplesmente por meio de um perfeito copo de café”, disse Jimmy Samartzis, vice-presidente de serviços de refeição e United Clubs. “Ao servirmos o café mais conhecido no mundo em nossos lounges e a bordo, estamos provendo uma experiência aos nossos passageiros e funcionários com a qualidade e o cuidado que estão presentes em cada copo.”

“É de fato uma honra para a illy ser selecionada como parceira mundial de café da United Airlines. O processo e a decisão final de escolherem a illy demonstra o profundo compromisso da United em oferecer aos passageiros produtos e experiência de melhor qualidade”, afirmou Andrea Illy, presidente e CEO da illycaffe s.p.a. “Nossa nova relação com a United Airlines é também o testemunho de nossa paixão pelo melhor e reconhecimento de que a marca illy é a referência mundial de café e excelência.”

Os produtos illy serão oferecidos como cortesia em todos os voos e quando disponível em lounges da United.

7 praias tranquilas para fugir da agitação e curtir o verão

7 praias para fugir da agitação

O verão está chegando e os destinos de praia costumam bombar na preferência dos turistas nesta época.

Mas se você não curte nem um pouco o agito das cidades praianas, então anote sete sugestões de locais que são exemplo de sossego e tranquilidade.

Longe dos grandes centros e cercadas pela natureza intocada, essas praias são o paraíso para quem gosta de admirar paisagens incríveis sem o burburinho das multidões.

Confira!

Guarajuba

Situada no litoral norte da Bahia, a praia de Guarajuba possui mar calmo e piscinas naturais, mas também alguns pontos de mar agitado – ideais para a prática de surfe.

Fica a apenas 50 quilômetros de Salvador e tem crescido na preferência de famílias e jovens nos últimos anos. Lá você encontrará sossego, clima rústico, trechos de areia repletos de coqueirais, além de um dos maiores resorts da Bahia: o Vila Galé Resort.

(Crédito: Pulsar Imagens)

Itacaré

Itacaré é um dos locais para fugir da agitação

Outro destino baiano que foi esquecido durante décadas pelo turismo, é Itacaré, que até 1998 foi recanto exclusivo dos surfistas e de poucos aventureiros. Com a pavimentação da estrada Parque Ilhéus-Salvador (BA-001) as paisagens intocadas foram pouco a pouco apresentadas aos turistas, que descobrem áreas preservadas de Mata Atlântica, praias de areias brancas, mar azul, rios e cachoeiras.

A facilidade no acesso à cidade trouxe hotéis confortáveis, restaurantes e bares, mas não provocou a deterioração do meio ambiente. Entre as 16 praias da cidade, são poucas que podem ser alcançadas sem uma boa caminhada.

Prado

E quem diria que bem pertinho da agitação de Porto Seguro se esconde uma cidade tranquila, com praias praticamente desertas? Pois conheça Prado, situada a apenas duas horas de Porto Seguro, dona de 84 quilômetros de belas praias, algumas com falésias com 30 metros.

Ali o destaque fica para a praia da Paixão, onde os aventureiros fazem voos de parapente e a Cumuruxatiba, da qual partem passeios de barco para avistar baleias jubarte que, nos meses de junho a novembro, aparecem na costa baiana. O centrinho da cidade é atração à parte, com casas coloridas, casarões antigos e ruas de pedra.

Riacho Doce

Localizada em Conceição da Barra, no Espírito Santo, esta praia pertence ao Parque Estadual de Itaúnas. A praia é cercada por dunas que chegam a até 30 metros de altura, entrecortadas por um riacho que deságua no mar.

Considerada Patrimônio Histórico da Humanidade, suas areias encobriram a antiga vila de Itaúnas entre as décadas de 50 e 70, que fica exposta de tempos em tempos, quando o vento move as dunas de lugar. Para chegar à praia, é preciso caminhar por trilhas monitoradas por guias.

Carro Quebrado

Com águas claras de tom esverdeado, esta praia situada na Ilha da Crôa, em Alagoas, exibe piscinas naturais na maré baixa, falésias e coqueirais. É considerada uma das praias mais bonitas do país e o visual paradisíaco é prova disso. Está distante cerca de oito quilômetros do centro da ilha e o acesso é dificultado por uma estrada de terra.

Histórias contam sobre um carro que atolou por lá e foi corroído pela maré alta – daí o nome da praia.

Bonete

bonete é um local para fugir da agitação

Apesar de estar em Ilhabela, um dos destinos de praia mais badalados de São Paulo, a praia povoada por uma comunidade caiçara não conta com energia elétrica ou sinal de celular, o que a torna ideal para quem quer se “desligar” do mundo.

O acesso é feito por trilha de 15 quilômetros pelo Parque Estadual de Ilhabela, percorridos em cerca de três horas. E se aventurar pela trilha não é nada desagradável: são pelo menos três cachoeiras, além da natureza preservada da Mata Atlântica

Galinhos

Com mar calmo e praticamente sem ondas, a praia de Galinhos, localizada a 160 quilômetros de Natal, é acessada somente por barco ou veículo 4×4 pelas dunas.

Com pouco mais de dois mil habitantes, que vivem basicamente da pesca e das salinas, o pequeno povoado nunca perdeu o ar de vila de pescadores. Aproveite a calmaria para praticar kitesurf – os ventos são ideias para o esporte – e mergulhar nas piscinas naturais.

7 destinos para você escolher e viajar durante sua lua de mel

destinos viajar durante sua lua de mel

Casamento é sinônimo de muito (muito) planejamento. Planos para a moradia, contas a pagar, onde vai ser cerimônia, o vestido da noiva, buffet, decoração, festa e (ufa!) a viagem de lua de mel! Esse é um dos momentos mais esperados da nova vida a dois, pro casal sair da rotina, relaxar, conhecer lugares novos e se esquecer de tudo e todos – menos um do outro, e do destino onde estão, é claro!

Existem opções para todos os gostos. Românticos, baladeiros, praieiros, requintados… Vai do estilo (e do bolso) do casal. Qual é o de vocês?

Confira sete dicas que o Eu amo Viagem separou para vocês realizarem as melhores viagens de lua de mel e se inspirem!

7. Dubai (Emirados Árabes)

Dubai é mais um dos lugares para se viajar

Sinônimo de muito luxo, a cidade é um dos destinos mais visitados no Oriente Médio, para os casais ostentação. Praias paradisíacas, safári no deserto, uma grande ilha artificial, o edifício mais alto do mundo, pista artificial coberta de ski, passeios de camelo, mercado de ouro… Tudo isso você encontra aqui – além das nossas opções de hotel em Dubai.

6. Las Vegas (Estados Unidos)

A capital mundial de casamentos (com o maior número de matrimônios registrados no planeta) é o destino dos casais festeiros: cassinos, shows de luzes nas ruas, baladas, bares, espetáculos musicais e circenses fazem desta a cidade que nunca dorme. Vocês podem aproveitar que estão a apenas duas horas do Grand Canyon para conhecer uma das paisagens mais impressionantes dos Estados Unidos.

5. Bora Bora (Polinésia Francesa)

Um dos destinos preferidos para casais em lua de mel, a ilha tem paisagem natural única, com diversos resorts que recebem seus hóspedes em bangalôs em cima do mar. A água é cristalina e calma, ideal para observação de corais e peixes coloridos em mergulhos. No Centro de Cuidados de Tartarugas Marinhas, você pode nadar com esses animais e alimentá-los.

4. Havaí (Estados Unidos)

Este é outro arquipélago paradisíaco ideal para casais em lua de mel, com atrações diversificadas além das famosas praias Waikiki e Ala Moana. Existem várias ilhas para vocês conhecerem, sem contar cachoeiras, trilhas vulcânicas, museus e cânions. O clima é quente o ano inteiro, com chuvas de novembro a março. Então se programe agora para reservar suas passagens para o Havaí.

3. Fernando de Noronha (Pernambuco)

Conhecido como um dos melhores pontos de mergulho do Brasil, o arquipélago tem litoral tranquilo e paisagens impressionantes – garanta já sua hospedagem em Fernando de Noronha. Uma ótima forma de conhecer a região é pelo Ilhatur, que percorre as principais praias com paradas para banho e fotos em mirantes. Passeios de barco, mergulhos de snorkel e a sede do Projeto Tamar colocam vocês em maior contato com a natureza.

2. Veneza (Itália)

Veneza um dos destinos para viajar durante sua lua de mel

Para os românticos com orçamento reforçado, a cidade milenar é o lugar certo para uma lua de mel inesquecível – imagine se declarar num passeio de gôndola, ao pôr do sol. O simples fato de percorrer as vielas e canais de Veneza já tem seu charme, além dos diversos edifícios históricos a serem visitados, entre museus, igrejas, palácios, praças e galerias de arte. Aproveite para conhecer as ilhas vizinhas também.

1. Gramado (Rio Grande do Sul)

Bom vinho, saboroso fondue, a calma do campo, visual europeu e friozinho aconchegante. Tudo aqui ajuda a criar o clima ideal para os casais românticos, em busca de sossego e bons preços – reserve já seu hotel em Gramado. Passeios a vinícolas e a pontos turísticos, pedalinho no Lago Negro, visita ao tradicional Parque Gaúcho e jantar em um restaurante da Rua Coberta são obrigatórios na sua programação.

10 Erros de Principiante Que Podem Afundar seu Blog

Como já disse na página “Sobre” aqui do Blog Aprendiz, o intuito é compartilhar o que vamos aprendendo enquanto cuidamos de nossos projetos. E como principiante que fui, cometi muitos erros que fui corrigindo, através de leitura e aprendizado constante. Felizmente, muitos blogueiros resolvem falar de suas experiências, frustrações, acertos e erros, ajudando toda a blogosfera a crescer.

erro em blogs

Então, resolvi listar os 10 erros mais graves que me lembro de ter cometido. Mesmo graves, veja que talvez não pudessem ter sido evitados naquele momento, quando eu ainda engatinhava no assunto. Muito do seu desenvolvimento virá na base da tentativa e erro, então se estiver cometendo algum destes, não se desespere pois é normal.

Só não continue errando! 

1 Usar hospedagem grátis

O maior e mais clássico dos erros de qualquer iniciante. Este tipo de serviço é bem interessante quando nosso blog não tem grandes pretensões. Se for um blog de brincadeira, teste, temporário, as hospedagens grátis são excelentes para aprendermos a usar painel de controle, a configurar domínios, etc.

Mas se está começando um blog com a ideia de torná-lo uma atividade séria, quer muitos visitantes, e quem sabe ganhar algum dinheiro, esqueça completamente domínios e hospedagens grátis. Por mais que você confie no seu taco e pense “eu posso ganhar dinheiro com serviços grátis porque vou me empenhar e fazer a diferença“, lembre que questões técnicas tornam isto IMPOSSÍVEL.

Se seu blog for interessante e o número de visitante aumentar, por exemplo, é certo que ele caia, pois a transferência permitida por esses servidores grátis é bem mixuruca, o mesmo valendo para tamanhos de banco de dados e vários outros recursos. Eles não são feitos para blogs grandes (nem sequer médios, na verdade).

erros graves de blogs

2 Domínio Grátis

O domínio é muito importante no SEO do blog, mas mesmo escolhendo um url com todas as palavras-chave relevantes para seu nicho, usar domínio grátis terá um efeito devastador nele.

Primeiro, pelo fato de estar frequentemente associado a spam e práticas nocivas na internet. Não muito tempo atrás, o Google deixou de apresentar resultados de pesquisa com certos domínios, como co.cc, levando todos os blogs que usavam esse serviço à estaca zero.

Segundo, porque a reputação de um blog com domínio grátis não será jamais a mesma de um domínio pago. A gratuidade em tudo leva a crer que o blog não é sério, ou já que o autor não gasta nem míseros 15 ou 20 dólares num domínio, poderá abandonar o projeto a qualquer instante.

Resumindo: domínio grátis queima o filme do seu blog.

3 Criar Blogs de Download

Num remoto passado, já tive blog de download, desses com resenha de álbuns e links para download que eu pegava por aí (fazer upload nem pensar, pois minha conexão era horrorosa naquele tempo). Além de ser ilegal, mesmo que você não faça os uploads, não terá vantagem nenhuma. Nem financeira, nem de satisfação.

Se seu prazer com o blog é abrir discussões, esqueça, pois ninguém comenta nestes blogs a não ser com perfis fake, e só para reclamar de links quebrados, como se você tivesse obrigação de corrigi-los imediatamente.

Se quer monetizar, esqueça duplamente, pois aí é que será crime mesmo: você estará lucrando em cima dos álbuns protegidos por direito autoral – fora que a maior parte dos programas de afiliados não aceitam sites de download.

Então, comece a pensar um jeito de criar. Conteúdo criativo é o que vai levar seu blog adiante.

4 Escolher Mal o Template

O tema que vai usar no blog não é só questão de estética: o tempo de carregamento, uso correto de tags e scripts em locais corretos fazem enorme diferença no desempenhoo. Ter pontos estratégicos para widgets e um código fácil de ser editado também ajuda.

Ao usar temas grátis, veja também se não tem um monte de links de autor no rodapé, já que alguns exageram só porque estão oferecendo o produto de graça. Há excelentes opções de tema grátis, e ao contrário do que foi dito sobre domínio e hospedagem, eles podem dar conta perfeitamente de blogs profissionais.

Claro que a parte estética também conta. Deixe para trás a bobajada de temas cheio de estrelinhas piscantes, cursores estranhos que acompanham o mouse ou que soltam fogos de artifício quando o usuário clica. Isso só serve para brincar, mas num blog sério, jamais. O tema não deve chamar mais atenção do usuário do que o conteúdo.

5 Misturar Assuntos

Pra quem gosta de escrever, é contagiante, e quando começamos, é fácil perder o controle e acabar passando do limite. Como aquelas pessoas que falam demais, você vai de assunto em assunto, e quando notar, seu blog já virou uma salada de discussões variadas – e o tema que você havia se proposto a tratar inicialmente ficou embolado naquele meio.

Isso pode parecer bom pra alguns. “Se falo sobre muitos assuntos, meu blog fica mais interessante e mais gente visita“. Um grande erro, já que poucos chegarão ao seu blog interessados em todos os assuntos. Tente manter o foco, falando sobre as vizinhanças daquele tema ocasionalmente, mas não fugindo demais.

6 Exagerar em anúncios

Sei que muita gente faz isso como experiência, para avaliar o desempenho dos anúncios com poucas ou muitas aparições e posições. Mas de forma geral, é uma péssima ideia, já que além de deixar o blog sobrecarregado, feio e pesado, pode ser visto como apelação pelos leitores.

Tem gente que vai ficar ofendida com os anúncios em exagero, mesmo que não estejam atrapalhando a leitura (o que pode acontecer), e o mínimo que vão te chamar é de mercenário… além de abandonar seu blog.

7 Pedir contribuição financeira

Esse pode ser um ponto polêmico, já que muita gente usa as caixas de contribuição via PayPal ou Pag Seguro. Não que eu ache errado. Talvez num futuro próximo eu também o faça, mas em minhas experiências anteriores, isso não me trouxe resultado algum. Foram muitos e muitos meses com a sugestão de contribuição, e nenhum centavo sequer foi dado.

Sejamos sinceros: quase ninguém doa seja lá o que for na internet. A maioria só quer entrar no blog, absorver tudo o que puder e partir para outra leitura. Os que têm boa vontade de contribuir são poucos, e a não ser que seu blog seja grandinho, coisa de 10 mil visitas/dia, não compensa. Nem comentar ou divulgar o que leu em redes sociais, que é de graça, a maior parte faz, quanto menos contribuir financeiramente. O conteúdo oferecido por blogs gratuitos (como a maioria é) é pouco reconhecido. É a verdade, ponto.

Então, se quiser ganhar algo do visitante, é melhor dar algo em troca (além do blog inteiro que você já dá, ok). Ofereça um ebook, por exemplo, em troca de contribuições, ou venda ebooks. Pedir um café, uma cerveja, ou seja lá o que for só vai servir pra te decepcionar.

8 Censurar comentários

Esse eu não cometi, mas achei interessante falar. Se tem um blog, supõe-se que você esteja a fim de discutir – e discutir envolve falar e ouvir. Se você esconde qualquer comentário negativo, ou só porque não gostou do tom usado pelo autor, está censurando o leitor. Não há nada mais odiável que isso, e se você tem esse hábito… SEU BABACA! 

Cansei de ver blogs e até sites grandes que, sob argumento de manter os comentários bem moderados, não publicam nenhum comentário crítico, mesmo que feito de forma construtiva e respeitosa. Isso é ridículo; se não quer opiniões, não inicie um blog, e se abriu espaço para discussões, discuta.

9 Entrar em discussões e provocações

Os trolls de internet estão por aí, loucos por comida (tretas!) Quando seu blog começar a crescer, fatalmente virão os comentários ofensivos e irônicos, e se você responder no mesmo nível sempre, estará dando exatamente o que querem: um pouquinho de atenção.

Não que você deva agir como um pamonha e pedir desculpa sempre que alguém pisar em você gratuitamente. Só fique atento para não transformar-se numa figura destestável, pois você não sabe tudo e se rebater veementemente tudo que lhe disserem passará por metido a espertalhão, e ninguém gosta de espertalhões.

10 Não dar atenção às redes sociais

Uma grande parcela de seus visitantes virá de redes sociais, como o Facebook e Twitter. Quando comecei, não dava atenção a essas formas de divulgar as postagens, o que mostrou-se um grande erro, já que quase 20% de meus visitantes totais aqui e em outros blogs vem dessas redes.

Não deixe de criar uma página de fãs no Facebook e um perfil no Twitter para seu blog. No mínimo. O Google+ também deve ser considerado, já que ainda está crescendo, mesmo com a supremacia total do Facebook. Se souber usar estas redes, certamente obterá muito tráfego.

Estes são os dez erros que podem ser decisivos para o fracasso de seu blog. Se lembra de outro que mereça ser lembrado, comente e fale de sua experiência. Até!

BRAGANÇA PAULISTA – SP Roteiros Turístico

BRAGANÇA PAULISTA – SP Roteiros Turistico
A maioria das pessoas muitas vezes desejam sair de casa e conhecer outros lugares, mas sempre pensa no orçamento e no tempo.

BRAGANÇA PAULISTA

Mas São Paulo tem muitas opções de roteiros para viagens e passeios curtos , em lugares incríveis, para recarregar as energias e curtir no final de semana ou feriadão. E o melhor : opções baratas e acessíveis.
Passeios que podem ser feitos apenas de um dia, com gasto apenas de transporte e alimentação.
Roteiros que contém turismo de aventura, trilhas, cultura, ecológico e gastronomia.

Iremos apresentar 11 Roteiros nas sequencia dos post
A primeira cidade que iremos apresentar é:
1- BRAGANÇA PAULISTA
Cidade que contém atrativos naturais, montanhas, cachoeiras e muita área verde, além do festival da linguiça, famosa iguaria da cidade.

Uma atração em destaque é o
GALPÃO BUSCA VIDA
Fica num sítio da região e funciona como Pizzaria, Cachaçaria e Casa de Espetáculos.
A decoração é uma mistura típica da fazenda, com partes de cenários de teatro , antiguidades e obras de arte. Uma junção que resultou em um ambiente de muito bom gosto e original.
Foi nesse recinto que nasceu a Cachaça Busca Vida, mais famosa do Brasil