Freebie: Checklist de Viagem!

Sempre quando planejamos uma viagem, queremos ter a certeza de que está tudo em ordem, de que tudo o que é necessário está na nossa mala, certo? Pois então! Pensando nisso, decidi criar um Checklist de Viagem e disponibilizar o freebie aqui no blog. Venha conferir como baixar! 😉

Checklist de Viagem!

Para quem não sabe, em agosto, farei um Intercâmbio de um ano para os Estados Unidos. Estou na fase do: o que levar? Ao me dar conta de quão difícil é organizar uma mala, pensei: por que não disponibilizar um freebie aqui para os meus leitores? Já respondi uma TAG aqui, falando sobre como sou esquemática em relação às minhas coisas. E se você também é assim, o Checklist será bem-vindo ao seu mundo! o/

Uma informação importante em relação ao Checklist: é editável. Ou seja, para quem gosta de escrever no computador, sem precisar imprimir, com esse Checklist, é possível fazer isso! Ah! E se algum item que você queira levar não estiver na lista, tem a opção de adicioná-lo pelo computador também. Assim, acredito que ficará um Checklist bem completo!

Como funciona, Malu? É super simples! Basta abrir o PDF, e clicar naqueles retângulos editáveis azuis. Ao colocar o mouse sobre eles, você consegue adicionar o item que quiser. Já completou algum item da lista? Ótimo! Clique no quadradinho ao lado esquerdo da palavra, e marque com ☑. Agora você já sabe o que já tem na sua mala e não se confunde! 😉 Mas você tem sempre a opção de imprimir e preencher tudo à mão. E para quem for imprimir, pensei no R$… Fiz tudo P&B! Fica à seu critério escolher de qual forma irá preencher!

Quer baixar o Freebie? Clique no ícone abaixo. Ele vai redirecioná-lo para um site.

Baixar Freebie

Escolha uma das redes sociais disponíveis, compartilhe a publicação em modo público (isso é importante, se não, o site hospedado não libera o download), espera os 5 segundos e clique em aceder. Siga as instruções, e pronto. O Freebie é seu! É claro que eu não preciso relembrar de que é apenas para uso pessoal, certo? Certo! Afinal, cópia é crime e veiculação sem autorização também. Se você quiser divulgar, ajude com compartilhamentos. Ficarei imensamente feliz! 🙂

Dicas de como arrumar mala de viagem!

Depois de alguns pedidos, finalmente chegou o post: Como arrumar a mala de viagem? Para quem ainda não sabe (em que país você vive? :O), farei um Intercâmbio agora dia 07 de Agosto. Por esse motivo, a preparação da mala é uma parte importantíssima do processo. Esquecer algo, colocar de mais (ou de menos) não é legal, certo? E se você também está querendo montar a sua mala ou querendo dicas para as próximas viagens, confira o post!

como arrumar a mala

Se você gosta de se planejar quanto à mala, talvez goste do meu post sobre o Freebie: Checklist de Viagem. Ele é tanto digital quanto impresso. Ou seja, se você é old school e gosta de preencher tudo à mão, basta imprimi-lo. Mas se é do tipo de pessoa que deixa tudo armazenado no computador, o PDF é editável. Ou seja, você pode ir marcando os itens conforme for colocando na mala. A escolha é sua! 🙂

À medida que eu fui arrumando a minha mala, atentei-me a algumas situações que eu gostaria de compartilhar com vocês. São elas:

1) Coloque os sapatos e outros itens pesados perto da rodinha. Assim, quando você levantar a mala e andar com ela, os sapatos não amassarão as suas roupas;

2) Falando em sapatos, limite-se a um par de cada estilo: confortável, social e sandália. Eleja um sapato coringa e faça dele combinações práticas;

3) Se possível, coloque suas meias dentro dos sapatos para aproveitar qualquer espaço disponível. E não se esqueça de cobrir seus sapatos com algum saco para não sujar suas roupas (pode ser até touca de banho!);

4) A peça coringa também vale para roupas. Se for para um lugar frio, escolha um casaco térmico que possa ser usado em várias ocasiões. Suéter e casaquinho ficam reservados para locais em que seja possível usá-los juntos para fazer combinações mais quentinhas. Prefira sempre roupa básica (e acrescente com acessórios/bijuterias – evite jóias de valor, ok?!);

5) Se quiser levar algum colar, mas tem medo de que fique tudo embolado, basta passar o colar por um canudo e depois fechar. Dessa forma, um lado do colar fica envolto pelo canudo;

6) Quer ganhar espaço na mala? Faça rolinhos com as roupas. É uma viagem longa? Use vac-bag (plástico em que você coloca as roupas dentro e tira todo o ar, formando um vácuo). Esta com medo de que amasse suas roupas? Sem problema! Quando for tomar banho, pendure a roupa no banheiro. Com o vapor, a roupa tende a desamassar. Depois estique na cadeira para tirar um pouco a umidade;

7) O limite de líquidos para a bagagem de mão é de 100mL. Portanto, é preferível comprar frasquinhos de viagem e colocar seus produtos ali dentro. Ps: Para a mala despachada, você pode levar embalagem grande. Só cuide com o espaço e para que não derrame líquidos na mala. Abra as tampas, coloque um plástico/papel filme no buraco e feche com a tampa novamente. Pronto, seus produtos estarão bem seguros!

8) Lembre-se de que na mala de mão não pode conter materiais cortantes (lâmina de barbear, alicate, tesoura, faca e etc).

No vídeo abaixo, explico melhor como organizei a minha mala para o Intercâmbio de Au Pair, de acordo com a localidade: estado de NY! Se você tiver interesse, basta clicar nele, ok?

E aí, o que achou da dica? Tem algo que você queira acrescentar? Você já usava alguma dica?

Se você tem interesse em ficar por dentro de todas as novidades do meu intercâmbio, convido a se inscrever no meu canal. Lá postarei mais sobre a rotina, vlogs, dicas e etc! 🙂

Lugares Conheça algumas das ruas e avenidas mais famosas do mundo

Uma das melhores maneiras de conhecer lugares novos e se localizar durante a viagem é passear pelas ruas e avenidas mais movimentadas da cidade que você está visitando. Endereços emblemáticos como a avenida Paulista, em São Paulo, a Champs Élysées, em Paris, e a Ocean Drive, em Miami, já falam por si só. Saiba mais sobre essas e outras vias que atraem milhares de turistas pelo mundo e inspire-se!

Champs Élysées, França

Com quase dois quilômetros de comprimento, visitar a Champs Élysées é passeio indispensável em Paris. A avenida rende um dos passeios mais agradáveis por lá: caminhar entre cafés e lojas de luxo, como Bvulgari, Dior e Louis Vuitton. Mas se não pretende gastar muito, fique tranquilo, pois também há lojas com preços camaradas. Some a isso diversas lojas de carros com exposições de automóveis, além da possibilidade de alugar máquinas para andar de Ferrari ou Lamborghini em um passeio do tipo test-drive. Aproveite e fotografe pontos turísticos ao longo de sua extensão, como o Arco do Triunfo e a Praça da Concórdia.

Ocean Drive, Estados Unidos

A Ocean Drive acompanha a orla de Miami e é um dos melhores lugares para se divertir com a família e os amigos. A via concentra um pouco de tudo ao longo de seus dois quilômetros de extensão. Além das praias e do privilégio de dias ensolarados durante o ano todo, há quadras, playground, bares, restaurantes, casas noturnas e prédios antigos entre coqueiros e letreiros coloridos de neon – cenário perfeito para curtir as férias!

Hollywood Boulevard, Estados Unidos

As estrelas na Calçada da Fama não são a única atração da Hollywood Boulevard, em Los Angeles. Aproveite para conferir uma apresentação nos teatros da região, além das lojas luxuosas, restaurantes e parques no entorno da avenida. Compre lembrancinhas por lá e conheça o lendário Teatro Dolby, onde acontecem as apresentações do Oscar.

Las Ramblas, Espanha

Visitar Las Ramblas é passeio imperdível para quem passa por Barcelona. A via nasce na praça Catalunya e continua em direção ao Mirador de Colom, monumento em homenagem a Colombo. A região bem arborizada oferece ótima estrutura para andar a pé entre atrações como cafés, bares, museus, lojas, estações de metrô e edifícios históricos. Destaque para o estilo barroco da igreja de Nossa Senhora de Belém, para o charme da praça Royal e a beleza dos mosaicos de Joan Miró!

Magnificent Mile, Estados Unidos

Cartão-postal de Chicago, a Magnificent Mile é a melhor opção para chegar a diversas atrações e ter ampla visão da arquitetura de prédios altíssimos, além da variedade de preços e de públicos que são a cara da cidade. A pé, de carro ou de transporte público, você pode curtir com tranquilidade as vitrines da Apple Store, Burberry e de tantas outras marcas luxuosas, assim como acessar o mirante 360 Chicago e o Museu Contemporâneo de Chicago. Se preferir, faça uma pausa em um dos 275 restaurantes concentrados ao longo desse trecho. A via atravessa a cidade entre o trecho próximo ao rio Chicago até a Oak Street Beach.

Gran Vía, Espanha

A Gran Vía é uma das mais movimentadas atrações urbanas de Madri. Bares, restaurantes, cinemas e teatros dão vida à avenida, construída em 1910. A região também está cercada por fachadas arquitetônicas centenárias que vão te deixar com vontade de sair fotografando tudo. Além do charme, o local é querido por turistas e moradores por conta das opções de compras que atendem a todos os gostos e bolsos. Há ônibus e estações de metrô por perto.

Yonge Street, Canadá

Endereço da primeira linha de metrô do Canadá, a Yonge Street, em Toronto, ganhou fama de ser a rua mais longa do mundo, mas, na verdade, oficialmente não é. A via começa perto do porto, às margens do lago Ontario, e acaba na Barrie Street, quando passa a se chamar Highway 11, e vai até a fronteira com o estado de Minessota, nos Estados Unidos. Ao longo da Yonge Street você encontrará cafés, lojas, teatros e pontos turísticos, como o Eaton Centre e a Dundas Square.

Bahnhofstrasse, Suíça

A famosa via Bahnhofstrasse fica no coração de Zurique, perto do centro histórico. Por lá há mais de 90 lojas de marcas luxuosas, como Tiffany & Co., Victorinox e Burberry, assim como opções de bares e restaurante. Vale a pena dar uma esticada para conhecer o mirante Lindenhof, com vista para prédios antigos e para o rio Limmat. A Bahnhofstrasse é facilmente acessível por estações de trem e bondinhos – sim, bondinhos supermodernos! –, além de cortar a cidade em direção ao lago Zurique, até a praça Bürkiplatz.

Lombard Street, Estados Unidos

Localizada em São Francisco, na Califórnia, a Lombard Street é uma das vias mais famosas da cidade e rende fotos interessantes por conta do visual de zigue-zague e de sua localização – a rua é íngreme e oferece vista bem legal da cidade! O trecho entre as ruas Leavenworth Street e Hyde Street ficou mais conhecido por conta das curvas e jardins construídos para facilitar a descida dos carros. Dá para acessar a via a pé, de carro, de ônibus e até de bondinho.

Via dei Condotti, Itália

Em Roma, aprecie a arquitetura clássica das fachadas dos prédios da Via dei Condotti, em direção à praça Espanha – onde dá para curtir a vista do pôr do sol do alto da escadaria! Vitrines de marcas como Guess, H&M, Prada, Dior e muitas outras são facilmente encontradas aqui e nas redondezas. Esta rua é uma das mais visitadas da cidade e ficou famosa pela concentração de lojas de luxo. Apesar dos preços não serem muito convidativos, o local chama a atenção pelo charme.

Avenida Paulista, Brasil

A viagem não fica completa se você passar por São Paulo sem conhecer a avenida Paulista. A via é conhecida como o local “onde tudo acontece” na mais influente cidade da América Latina e concentra milhares de lojas, bares, restaurantes e redes de fast-food. Além de ser opção de diversão durante o dia e a noite, a Paulista também é um dos principais centros financeiros da capital paulista. O MASP (Museu de Arte de São Paulo) é apenas uma das atrações na região.

Avenida Nueve de Julio, Argentina

Umas das principais ligações entre o norte e o sul de Buenos Aires é a avenida Nueve de Julio, com 140 metros de extensão. A via, que corta o centro da cidade, levou cerca de cinco décadas para ser construída e funciona como referência para se deslocar na capital argentina. Ao longo da avenida dá pra conhecer restaurantes e pontos turísticos, entre eles o monumento Obelisco e o teatro Colón.

Como tirar o visto americano? Passo a Passo

Como vocês devem saber, em agosto, embarco para um Intercâmbio para os Estados Unidos. Para isso, como toda pessoa brasileira, precisei tirar o meu visto americano. E sempre é aquela mesma saga: e agora? Ferrou, vão negar meu visto. Acomode-se na cadeira e leia o post, porque também estava com esse mesmo pensamento. Bora lá?

visto americano

O primeiro passo é preencher aquele formulário DS-160 no site do Consulado Americano. Tenha muito cuidado na hora de preenchê-lo, pois é com base nele que será feita a sua entrevista. Ele é em inglês, mas não se assuste se você não tem tanta prática com o idioma. Na parte superior do site, há uma opção para mudá-lo para o português. Feito isso, toda vez que passar o cursor do mouse em cima de alguma palavra, irá mostrar a tradução. Preciso preencher tudo em inglês? Não, não precisa. Basta responder em português tudo certinho que estará ok! Na hora de preencher o DS, atente-se ao local do visto. Não coloque a cidade onde mora e sim, a cidade na qual fará o visto. Se você morar na mesma cidade do Consulado, ótimo! Parece ser um errinho bobo, mas é muito comum.

Depois do preenchimento do DS-160, é hora de pagar a taxa e agendar a entrevista para o Visto Americano.

No meu caso, era um visto para Au Pair. Como a minha situação não era das melhores (formada, sem grande vínculo no Brasil), e, levando em consideração a atual crise do país, optei por fazer com uma despachante. Por já estar num turbilhão de emoções, achei melhor contatar uma pessoa responsável por isso. Foi a Cia. dos Vistos, aqui em Florianópolis. A despachante sempre foi muito solícita, me deixando à vontade para questioná-la sobre qualquer dúvida que viesse a ter. Por estar próxima a ela, vi algumas dicas legais que gostaria de repassar a vocês.

Visto

Exemplo de Visto Americano

São duas etapas para a retirada do Visto Americano. Uma no Centro de Atendimento ao Solicitante (CASV) e outra no Consulado Americano (Entrevista).

No CASV, eles tiram uma foto sua. Mas é sempre bom levar uma extra 5×7. Já pensou se o sistema cai e você precisa tirar uma foto nessas gráficas exploradoras perto do CASV? Além disso, você vai tirar a sua digital. Documentos necessários para o CASV:

  1. Passaporte;
  2. Página de confirmação do Formulário DS-160;
  3. Confirmação da taxa de pagamento do visto;
  4. RG/CPF;
  5. Documentos exigidos para qualquer tipo de intercâmbio, como DS-2019 (Au Pair).

No Consulado Americano, na Entrevista, são solicitados os seguintes documentos:

  1. Passaporte válido por pelo menos 6 meses além do período de estadia nos Estados Unidos;
  2. Passaporte anterior contendo o último visto dos Estados Unidos (se existir);
  3. Página de confirmação do Formulário DS-160;
  4. RG/CPF;
  5. Formulários adicionais para qualquer tipo de Intercâmbio, como o DS-2019 e a Taxa SEVIS (se aplicável);
  6. Além dos obrigatórios, é interessante levar documentos que comprovem a sua morada aqui no Brasil: comprovação de renda e de bens (carro, casa, terreno); extrato bancário dos últimos 3 meses; carteira de trabalho; carta custeio (se outra pessoa custear a sua viagem, por exemplo, pais). Ah! Se não tiver casa no seu nome, leve o comprovante no nome do responsável e uma cópia da identidade do mesmo. Se estiver estudando, leve histórico escolar.

Se tudo ocorrer bem, não pedirão documentos extras. No dia da entrevista, eles já conseguem identificar, pela conversa, a sua intenção. Então, mostre-se convicto de suas respostas.

Se você não for de São Paulo (e a sua entrevista for lá), recomendo ficar no Hotel Ibis Budget, porque essa hospedagem é bem perto do Consulado Americano (ou em qualquer outro hotel/hostel perto). Dá em torno de 10 a 15 minutos de caminhada. A recepção é bem solícita em mostrar o caminho, porque muitos hóspedes ficam ali justamente pela localização do Consulado. Não é muito vantajoso ficar tão perto do CASV, porque lá é rápido e não é o local da sua entrevista. Priorize onde será a sua entrevista! 🙂

No vídeo abaixo, comento um pouco mais sobre a minha experiência com o Consulado Americano e dou dicas de como se portar na hora da Entrevista. Se tiver interesse, basta clicar nele, ok?

Conheça a bela cidade Cabo de Santo Agostinho em Pernambuco

A bela cidade Cabo de Santo Agostinho

Cabo de Santo Agostinho poderia ser considerada apenas mais uma cidade do Nordeste brasileiro com praias paradisíacas, de águas cristalinas e natureza exuberante. Mas uma visita revela que o destino, em meio às ruínas e às construções que datam do século 17, preserva uma rica fonte de cultura brasileira.

A cidade é reconhecida como marco geológico mundial por ser o ponto de ruptura entre os continentes africano e sul-americano. Contornada por recifes e manguezais, a região é a única em todo o país onde existem rochas graníticas de 102 milhões de anos. São nove praias distribuídas em uma área de 445 km².

É possível conhecer a cidade em um dia em um passeio de buggy, um roteiro que inclui todas as praias, mirantes, a Vila de Nazaré (onde ficam as ruínas históricas, capelas, igrejas e falésias) e o famoso banho de argila (um lago de solo argiloso procurado por turistas que se interessam pelos benefícios estéticos que a aplicação do material traz para a pele). Depois de ter uma visão panorâmica de todas as atrações, fica mais fácil escolher para que lado seguir e traçar seu próprio roteiro.

Forte São Francisco Xavier fica entre as praias de Gaibú e Calhetas, em Cabo de Santo Agostinho Débora Costa e Silva/UOL

A temperatura média anual é de 28ºC e, na maior parte do ano, o acesso de carro é fácil, apesar de a estrada ser de terra em alguns trechos. Mas na época das chuvas, de abril a julho, o trajeto pode ficar esburacado. No caminho, o rústico casario local abriga vendas de frutas típicas do Nordeste, como jaca, caju e goiaba.

A história não oficial conta que na costa do Cabo de Santo Agostinho o navegador espanhol Vicente Yanéz Pinzón teria ancorado pela primeira vez no Brasil, em janeiro de 1500, antes da esquadra de Pedro Álvares de Cabral desembarcar na Bahia. Pinzón não tomou posse do território por causa do Tratado de Tordesilhas, que determinava que estas terras pertenciam a Portugal. Nesta época, a região era habitada por índios da etnia Caeté.

Uma bela de uma cidade

Primeiramente nomeado de “Santa Maria da Consolação” pelo explorador espanhol, a descoberta oficial foi feita pelo navegador italiano Américo Vespúcio, no dia 29 de agosto de 1501. As primeiras povoações datam de 1618 e a maioria dos núcleos se concentrou no ponto mais alto da cidade: a Vila de Nazaré, região hoje conhecida como Parque Metropolitano Armando de Holanda Cavalcanti.

Na época em que reinava o cultivo e a exportação da cana-de-açúcar no Brasil, Cabo de Santo Agostinho também viveu momentos de glória, tendo sido considerado o poderio econômico do estado pernambucano. O primeiro engenho a ocupar a região foi o Madre de Deus (hoje Engenho Velho) e mais tarde o Massangana, onde viveu o abolicionista Joaquim Nabuco. Em 27 de julho de 1811, Cabo de Santo Agostinho foi elevada a Vila e em 9 de julho de 1877 foi reconhecida como cidade.

Se você decidir visitar este lugar paradisíaco e histórico, você pode escolher entre estas 5 opções de hospedagem abaixo:

  1. Namoa Pousada
  2. Casal 20 Studios Flats
  3. Hotel Arrecife dos Corais
  4. Pousada Recanto da Enseada
  5. Pousada das Acácias

Aproveite as ofertas da Gol e compre passagens a partir de R$ 78

Aproveite este fim de semana e confira as ofertas incríveis que a Gol está apresentando em seu site, com preços a partir de R$ 78,00

Buscando sempre melhorar o atendimento aos clientes, a GOL anuncia uma novidade: o Conte Comigo. É um serviço exclusivo para atendimento nas áreas de embarque dos aeroportos.

Aproveite as ofertas da Gol

Localizado em uma área fixa na sala de embarque, o espaço Conte Comigo conta com colaboradores para atender aos clientes e é equipado com telefones para contato direto com a Central de Relacionamento da companhia e do Programa Smiles. Conta também com totens de autoatendimento, nos quais estarão disponíveis as seguintes funcionalidades:

• Status do Voo
• Compra de bilhetes
• Alteração e venda de assentos
 
• Antecipação e postergação de voos
 
• Reacomodação
 
• Impressão de vouchers de alimentação
 
• Transporte, hospedagem e facilidades quando necessário

Os aeroportos de Congonhas (CGH), Galeão (GIG) e Santos Dumont (SDU) já contam com o serviço. Confira outros serviços diretamente no site da Gol.

5 lugares incríveis para você fugir do Carnaval

5 lugares incríveis para você fugir do Carnaval

Separamos 5 lugares incríveis para você fugir do carnaval e aproveitar o feriadão que vão desde recantos isolados até metrópoles que não aderem à esta folia!
Santo Antônio do Pinhal (SP)

Encravada na Serra da Mantiqueira, é uma cidade pequena está há apenas 20 quilômetros de Campos do Jordão, mas ao contrário da vizinha famosa, é conhecida pela paz e quietude, por isso é opção para que você fuja do Carnaval. As ruas estão cheias artesanato no ar livre, com produtos de crochê, patchwork e até peças produzidas com pinhão de Araucária, árvore comum na região.

5 lugares incríveis para você fugir do Carnaval (1)

5 lugares incríveis para você fugir do Carnaval

Mal começa o ano, já vimos muitos se prepararem para o carnaval mais badalado do  mundo, o Brasil é um grande palco para toda folia que se pode encontrar em cada região! Mas muitos não curtem esse período de folia do carnaval e prefere passar o feriado em lugares lindos e dominados pela calmaria!

Separamos 5 lugares incríveis para você fugir do carnaval e aproveitar o feriadão que vão desde recantos isolados até metrópoles que não aderem à esta folia!

Santo Antônio do Pinhal (SP)

Encravada na Serra da Mantiqueira, a pequena cidade está há apenas 20 quilômetros de Campos do Jordão, mas ao contrário da vizinha famosa, é conhecida pela paz e quietude, E como isso é mais uma opnião para fugir do Carnaval. As ruas do centro estão cheias de lojinhas de artesanato, com produtos de crochê, patchwork e até peças produzidas com pinhão de Araucária, árvore comum na região.

Ilha do Cardoso (SP)

Um dos locais para sair do carnaval

A Ilha do Cardoso pertence à cidade de Cananeia, no litoral sul de SP, e fica bem na divisa com o Estado do Paraná. Localizada a 260 quilômetros da capital paulista, é um recanto para quem busca paz, sossego, contato com a natureza e, especialmente, distância do Carnaval.

A Ilha do Cardoso abriga por um pequena população de pescadores na região, que vive em relativo isolamento da civilização: ali o celular não tem vez e internet é uma lenda. Na maior parte das casas há energia elétrica apenas algumas horas por dia, graças a geradores – algumas pousadas e residências mais privilegiadas possuem coletores solares. Ou seja: o local é garantia de sossego e pede para que você fuja do carnaval. De quebra, há trilhas e cachoeiras e a possibilidade de optar por praia ou o grande canal de água doce, onde os botos dão o ar da graça. O Parque Estadual Ilha do Cardoso também permite visitação. Informe-se aqui.

Bonito (MS)

A prefeitura de Bonito parece estar atenta ao público que deseja fugir do Carnaval. Este ano, a administração municipal anunciou que a cidade não terá programação carnavalesca. Portanto, quem for à bela cidade do Mato Grosso do Sul encontrará um contato mais intenso com a natureza, sem se incomodar com samba, axé e quejandos. As atrações são as já conhecidas, como os muitos balneários e cachoeiras, além das cavalgadas, boia-cross e mergulhos nos límpidos rios da região. Os fãs de aventura vão se esbaldar no Abismo Anhumas, onde é possível fazer um rapel de 72 metros no interior de uma gruta. Mais informações sobre a cidade podem ser encontradas aqui.

Curitiba (PR)

Curitiba sempre foi uma capital sui generis, diferente em quase tudo das colegas brasileiras. E com o Carnaval não poderia ser diferente. Enquanto 90% do país pula ou relaxa em alguma praia, a capital paranaense organiza o Curitiba Rock Carnival, feito exclusivamente para quem deseja fugir da folia tradicional. O evento terá shows de rock e música eletrônica, na Câmara Municipal, dias 14 e 15 de fevereiro.

De quebra, os ruins da cabeça e doentes do pé ainda podem participar da divertida Zombie Walk: no dia 15, milhares de pessoas irão percorrer as ruas da cidade com fantasias de zumbis. Em 2014, cerca de 15 mil pessoas participaram da diversão.

Além da programação, os visitantes vão se deparar com uma cidade limpa e organizada, repleta de parques e atrações turísticas imperdíveis, como o Jardim Botânico e o Paço da Liberdade. Fuja do Carnaval em alto estilo e saiba mais sobre a cidade aqui.

Pocinhos do Rio Verde (MG)

Rio Verde e local bem longe do carnaval

O pequeno distrito de Pocinhos do Rio Verde (pertencente ao município de Caldas) é uma simpática estância hidromineral, localizada a 470 quilômetros de Belo Horizonte e 280 km de São Paulo. Está bem próximo de Poços de Caldas e atrai os visitantes graças às suas fontes de águas terapêuticas. O Balneário fica em uma gostosa praça, repleta de árvores e com parquinho para as crianças, e oferece banhos quentes de imersão, hidromassagem e sauna a vapor, além de três fontes radioativas, alcalino-sulfurosas e bicarbonatadas-sódicas.

“Fuja do Carnaval”, é o que sugere esse recanto de sossego. Os aventureiros vão adorar percorrer trilhas como a da Pedra do Coração, a 1.350 metros de altitude, ou da Pedra Branca, a 1.850 metros e que possui um vale repleto de grutas e cavernas. O distrito abriga ainda o centenário Grand Hotel Pocinhos, que teve o ex-presidente Getúlio Vargas como um de seus hóspedes.

Santo Antônio do Pinhal possui trilhas de pequena e média dificuldade, adequadas a qualquer público e passam por cenários belíssimos. O Mirante do Cruzeiro permite uma vista panorâmica da cidade. A Cachoeira do Lageado também estão entre as principais atrações. E se a quietude incomodar, é só pegar o trenzinho que leva a Campos do Jordão. Confira como chegar até lá. Para

Airbus A380-800 impressiona pelo tamanho

A380-800 fez seu primeiro pouso em Guarulhos

A Emirates Airline operou o primeiro voo comercial de um Airbus A380-800, o maior avião comercial do mundo, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo.

Vindo do Oriente Médio sem escalas, o avião fez um pouso tranquilo, e impressionou quem estava por lá por causa de seu gigantismo.

Este airbus, A6-AON veio para “testar / inaugurar” a homologação recentemente cumprida pela GRU Airport que adaptou o aeroporto para receber o avião, alargando a pista e “estreando” os fingers do terminal 3 que desde a construção já estavam preparados para atingir o “upper deck” (andar de cima).

O avião cumpriu o vôo regular da Emirates, com passageiros a bordo e o mesmo vôo EK261 / 262 que já opera diariamente, só mudando do 777 para o A380 especificamente nesse dia sem previsão de volta ou inicio de vôo regular com a aeronave, apesar de já estar nos planos de algumas companhias aéreas estrangeiras.

Esta aeronave da Airbus é a maior já fabricada para o transporte de passageiros. Com dois andares e capacidade para transportar 525 passageiros, em 3 classes, e 853 passageiros, em única classe, o Airbus A380 tem 73 metros de comprimento, 80 de envergadura e 24 de altura.

Hoje, o A380 opera em 55 rotas para 29 destinos no mundo. O gigante é indicado principalmente para aeroportos com fluxo diário de 10 mil passageiros de longa distância – o que é o caso de São Paulo e apenas outras 38 cidades no mundo todo.

Outro vídeo da chegada em Guarulhos

A380-800 ele estar estacionado arora em Guarulhos

O A380 chega a ser quatro vezes mais silencioso do que o “segundo” maior avião comercial do mundo. E, mesmo carregando 40% a mais de passageiros, consome cerca de 20% menos combustível. E ainda é capaz de voar mais de 15 mil quilômetros sem a necessidade de escala, suficiente para fazer um voo direto de São Paulo a Sydney, na Austrália. Esse é apenas o primeiro representante dos super aviões comerciais que vão dominar os céus do século 21.

E para finalizar o super avião chamado com freqüência de Superjumbo, com primeiro vôo experimental realizado em 2005, na França. Foram aguardados mais de 10 anos e o custo foi em torno de 12 bilhões de euros para desenvolvimento.

Agora os passageiros da United Airlines serão servidos com o delicioso café da illycafe

os passageiros da United Airlines serão servidos com o delicioso café

A partir de dezembro, a United vai disponibilizar o café de torra escura, característico da illy, além do café espresso da empresa em locais de United Club nos Estados Unidos. Os demais lounges contarão com os produtos illy em 2016, com o café de torra escura chegando aos voos no mundo inteiro no próximo verão norte-americano.

Mais que um simples copo de café

é mais do que um simples copo de café

O compromisso de proporcionar uma experiência premium única ao passageiros da United, é refletido nesta parceria, após diversos testes serem realizados com clientes e funcionários da companhia, incluindo provas a bordo.

Com sede em Trieste, na Itália, e mais de 80 anos de história na indústria de café, o sabor distinto da illy vem de uma mistura única do melhor 1% de grãos Arábica, comprados diretamente dos melhores produtores no Brasil, na América Central, na Índia e na África.

Conhecida por seu compromisso com a sustentabilidade, a cadeia de fornecimento com certificação internacional da illy inclui agricultores que ganham preços acima do mercado em troca do cumprimento das normas de qualidade – permitindo que a empresa ofereça misturas de classe mundial.

Um artigo recente da revista Wine Spectator elogia o café, afirmando que ele “se tornou padrão de excelência em restaurantes de luxo e hotéis cinco estrelas ao redor do mundo”.

“Nossa parceria com a illy está nos ajudando a fazer com que o mundo se sinta um pouco menor e com que viajar se torne muito mais especial, simplesmente por meio de um perfeito copo de café”, disse Jimmy Samartzis, vice-presidente de serviços de refeição e United Clubs. “Ao servirmos o café mais conhecido no mundo em nossos lounges e a bordo, estamos provendo uma experiência aos nossos passageiros e funcionários com a qualidade e o cuidado que estão presentes em cada copo.”

“É de fato uma honra para a illy ser selecionada como parceira mundial de café da United Airlines. O processo e a decisão final de escolherem a illy demonstra o profundo compromisso da United em oferecer aos passageiros produtos e experiência de melhor qualidade”, afirmou Andrea Illy, presidente e CEO da illycaffe s.p.a. “Nossa nova relação com a United Airlines é também o testemunho de nossa paixão pelo melhor e reconhecimento de que a marca illy é a referência mundial de café e excelência.”

Os produtos illy serão oferecidos como cortesia em todos os voos e quando disponível em lounges da United.

7 praias tranquilas para fugir da agitação e curtir o verão

7 praias para fugir da agitação

O verão está chegando e os destinos de praia costumam bombar na preferência dos turistas nesta época.

Mas se você não curte nem um pouco o agito das cidades praianas, então anote sete sugestões de locais que são exemplo de sossego e tranquilidade.

Longe dos grandes centros e cercadas pela natureza intocada, essas praias são o paraíso para quem gosta de admirar paisagens incríveis sem o burburinho das multidões.

Confira!

Guarajuba

Situada no litoral norte da Bahia, a praia de Guarajuba possui mar calmo e piscinas naturais, mas também alguns pontos de mar agitado – ideais para a prática de surfe.

Fica a apenas 50 quilômetros de Salvador e tem crescido na preferência de famílias e jovens nos últimos anos. Lá você encontrará sossego, clima rústico, trechos de areia repletos de coqueirais, além de um dos maiores resorts da Bahia: o Vila Galé Resort.

(Crédito: Pulsar Imagens)

Itacaré

Itacaré é um dos locais para fugir da agitação

Outro destino baiano que foi esquecido durante décadas pelo turismo, é Itacaré, que até 1998 foi recanto exclusivo dos surfistas e de poucos aventureiros. Com a pavimentação da estrada Parque Ilhéus-Salvador (BA-001) as paisagens intocadas foram pouco a pouco apresentadas aos turistas, que descobrem áreas preservadas de Mata Atlântica, praias de areias brancas, mar azul, rios e cachoeiras.

A facilidade no acesso à cidade trouxe hotéis confortáveis, restaurantes e bares, mas não provocou a deterioração do meio ambiente. Entre as 16 praias da cidade, são poucas que podem ser alcançadas sem uma boa caminhada.

Prado

E quem diria que bem pertinho da agitação de Porto Seguro se esconde uma cidade tranquila, com praias praticamente desertas? Pois conheça Prado, situada a apenas duas horas de Porto Seguro, dona de 84 quilômetros de belas praias, algumas com falésias com 30 metros.

Ali o destaque fica para a praia da Paixão, onde os aventureiros fazem voos de parapente e a Cumuruxatiba, da qual partem passeios de barco para avistar baleias jubarte que, nos meses de junho a novembro, aparecem na costa baiana. O centrinho da cidade é atração à parte, com casas coloridas, casarões antigos e ruas de pedra.

Riacho Doce

Localizada em Conceição da Barra, no Espírito Santo, esta praia pertence ao Parque Estadual de Itaúnas. A praia é cercada por dunas que chegam a até 30 metros de altura, entrecortadas por um riacho que deságua no mar.

Considerada Patrimônio Histórico da Humanidade, suas areias encobriram a antiga vila de Itaúnas entre as décadas de 50 e 70, que fica exposta de tempos em tempos, quando o vento move as dunas de lugar. Para chegar à praia, é preciso caminhar por trilhas monitoradas por guias.

Carro Quebrado

Com águas claras de tom esverdeado, esta praia situada na Ilha da Crôa, em Alagoas, exibe piscinas naturais na maré baixa, falésias e coqueirais. É considerada uma das praias mais bonitas do país e o visual paradisíaco é prova disso. Está distante cerca de oito quilômetros do centro da ilha e o acesso é dificultado por uma estrada de terra.

Histórias contam sobre um carro que atolou por lá e foi corroído pela maré alta – daí o nome da praia.

Bonete

bonete é um local para fugir da agitação

Apesar de estar em Ilhabela, um dos destinos de praia mais badalados de São Paulo, a praia povoada por uma comunidade caiçara não conta com energia elétrica ou sinal de celular, o que a torna ideal para quem quer se “desligar” do mundo.

O acesso é feito por trilha de 15 quilômetros pelo Parque Estadual de Ilhabela, percorridos em cerca de três horas. E se aventurar pela trilha não é nada desagradável: são pelo menos três cachoeiras, além da natureza preservada da Mata Atlântica

Galinhos

Com mar calmo e praticamente sem ondas, a praia de Galinhos, localizada a 160 quilômetros de Natal, é acessada somente por barco ou veículo 4×4 pelas dunas.

Com pouco mais de dois mil habitantes, que vivem basicamente da pesca e das salinas, o pequeno povoado nunca perdeu o ar de vila de pescadores. Aproveite a calmaria para praticar kitesurf – os ventos são ideias para o esporte – e mergulhar nas piscinas naturais.